Bitcoin atinge máxima anual e já subiu mais de 110% em 2023

Com uma alta de 10% nas últimas 24 horas, o bitcoin reascendeu os sentimentos positivo com a iminência de um ETF spot da BlockRock.

Bitcoin atinge máxima anual e já subiu mais de 110% em 2023

Introdução: Contextualizando a Alta

Geralmente, esperamos um intervalo de duas semanas para produzir um relatório de mercado. Entretanto, devido à variação de preço significativa das útlimas 24 horas no bitcoin, o texto a seguir trará detalhes importantes para compreender o movimento.

Como muitos de vocês já devem saber, a BlackRock, a maior gestora de ativos do mundo, está avançando rapidamente com seus planos para um ETF (Exchange Traded Fund) de Bitcoin.

Recentemente, foi descoberto que o proposto iShares Bitcoin Trust da empresa apareceu no site da Depository Trust and Clearing Corporation (DTCC) com o ticker IBTC.

BlackRock avança ETF de Bitcoin e preço atinge máxima de 2023
A aprovação de um ETF à vista de Bitcoin da BlackRock parece iminente com novas informações reveladas e preço de mercado reage com otimismo.

Para aqueles que não estão familiarizados, a DTCC é uma gigante da infraestrutura do mercado financeiro, responsável por processar trilhões de dólares em transações diariamente. A listagem do IBTC é um sinal claro de que a BlackRock está se preparando para lançar seu ETF de Bitcoin em breve.

Mas por que isso é tão relevante? Bem, a aprovação de um ETF de Bitcoin pela SEC tem sido altamente antecipada por investidores e entusiastas de criptomoedas. Se aprovado, isso poderia abrir as portas para uma nova onda de investidores institucionais entrando no espaço das criptomoedas, o que, por sua vez, poderia impulsionar significativamente o preço do Bitcoin.

Além disso, o preço do Bitcoin já está refletindo esse otimismo. No momento da nossa pesquisa, o Bitcoin estava sendo negociado a $34,445, após um aumento recente para US$35,200, o nível mais alto em mais de um ano.

Além disso, o movimento de preço de ontem ocasionou a maior movimentação diária dos últimos 365 dias. A última grande variação foi vista anterior a quebra da FTX.

A BlackRock não é a única gestora de ativos fazendo movimentos significativos neste espaço. Outras empresas, como a Grayscale, também estão se movimentando para lançar seus próprios ETFs de Bitcoin.

Mercado Futuro e SPOT

Em meio a um cenário de renovado otimismo no mercado financeiro, traders que optaram por posições contrárias ao crescimento do bitcoin enfrentaram significativas perdas nas últimas 24 horas. O montante de liquidações forçadas superou a marca de US$ 160 milhões, estabelecendo um novo recorde desde outubro de 2022, data anterior à notável queda da FTX.

Este expressivo volume de liquidações resultou em prejuízos para os traders que não eram observados há quase um ano. Contudo, é importante destacar que o número de contratos em aberto tem apresentado uma tendência ascendente, sinalizando que um crescente número de traders está se posicionando ativamente no mercado de futuros.

Apesar do elevado número de liquidações, registrou-se um incremento de 9,5% no interesse aberto, o que representa um acréscimo de aproximadamente US$ 1,3 bilhão em posições alavancadas.

Esta configuração, caracterizada por alta alavancagem e especulação, tem potencial para introduzir considerável volatilidade nos próximos dias, especialmente considerando que os traders continuam demonstrando um robusto interesse em negociações.

Neste contexto, já é possível identificar sinais de atividade por parte de instituições financeiras, que estão se valendo da volatilidade atual para realizar operações visando a captação de liquidez.

Este Relatório é só para assinantes

Inscreva-se já

Veja os comentários

Assine o BlockTrends | Research para poder visualizar e comentar.

Inscreva-se já