O Dólar da Binance é um instrumento de manipulação?

A maior exchange do mercado pode estar por trás ou ter alguma ligação com a mais recente valorização do bitcoin. Dados de volume podem indicar uso do BUSD para impulsionar preço.

O Dólar da Binance é um instrumento de manipulação?

O recente alta no Bitcoin tem trazido diversos investidores e apostadores de volta ao mercado, a baixa volatilidade do final de dezembro e início de janeiro forneceu o terreno perfeito para um choque de negociações em meio a valorização exponencial dos últimos dias.

Este texto está sendo trazido de modo "urgente" devido a algumas discrepâncias que encontramos no mercado e como isso pode estar influenciando o preço do Bitcoin no curto prazo, por esse motivo seremos menos rigorosos com a nossa estrutura de relatórios e mais diretos nas informações passadas.

VOLUME SPOT

As negociações que transacionam o ativo real e ocorrem em bolsas centralizadas como a Binance, OKX e Coinbase; são conhecidas como negociação spot. O volume por sua vez, é a quantidade de negociações que foram registradas naquele dia.

No último relatório, demos um breve resumo sobre o Delta do Volume Cumulativo, que é basicamente a diferença de volume de compra e volume de venda dentro de um livro de ordens numa exchange.

Quando o gráfico está decrescente, temos maior volume de venda e quando está no sentido oposto, ascendente, maior volume de compra.

É justamente aqui que começamos a ver algumas discrepâncias no volume quando adicionamos ou retiramos a stablecoin emitida pela Binance em parceria com a Paxos, conhecida como BUSD.

Se observarmos o volume de negociações na Binance, excluindo o volume do par BTC/BUSD, temos um gráfico decrescente que há meses estava em uma tendência de queda. No dia 11 deste mês, o volume de negociações no par observou uma entrada de ordens de compra e, logo que bitcoin atingiu o topo deste movimento no dia 14, voltou a cair.

Este Relatório é só para assinantes

Inscreva-se já

Veja os comentários

Assine o BlockTrends | Research para poder visualizar e comentar.

Inscreva-se já