Guia on-chain: MVRV e preço realizado

Umas ferramentas mais famosas e fundamentais da análise on-chain também pode ser uma das mais poderosas, entenda neste artigo.

Guia on-chain: MVRV e preço realizado

Introdução

Existem inúmeras métricas on-chain no bitcoin e nos últimos guias do BlockTrends Research apresentamos vários conceitos importantes para os fundamentos da análise on-chain. Entretanto, nenhum destes conceitos é tão famoso quanto o MVRV.

Entre as várias métricas e indicadores utilizados para analisar e prever movimentos de mercado, o MVRV (Market Value to Realized Value) destaca-se como uma ferramenta poderosa para entender o comportamento dos investidores no mercado Bitcoin e ganhou notoriedade nos últimos anos.

Para compreender os conceitos fundamentais da existência deste indicador, vamos precisar detalhar o preço realizado e a capitalização realizada, métricas que funcionam como base estrutural do MVRV.

Preço e Capitalização Realizada

O "Valor Realizado" é uma métrica que busca representar uma visão mais precisa do valor total de uma criptomoeda, neste caso, o Bitcoin.

Em vez de simplesmente multiplicar o número total de bitcoin pelo preço atual (como é feito na capitalização de mercado tradicional), a Capitalização Realizada considera o preço pelo qual cada Bitcoin foi adquirido pela última vez.

Portanto, enquanto a capitalização de mercado multiplica o preço atual de uma criptomoeda pelo suprimento total em circulação, a capitalização realizada leva em consideração o preço pelo qual cada unidade da criptomoeda foi movida pela última vez.

Para entender melhor, imagine que cada bitcoin em circulação é avaliado pelo preço pelo qual foi adquirido pela última vez, e não pelo preço de mercado atual.

Por exemplo, se um Bitcoin foi adquirido quando o preço era de US$5.000 e nunca foi vendido ou movido desde então, esse Bitcoin específico contribuiria com US$5.000 para a Capitalização Realizada total, independentemente do preço atual do bitcoin.

A Capitalização Realizada oferece uma perspectiva única sobre o comportamento dos investidores e pode trazer informações como:

  1. Eliminação de Moedas Perdidas: Muitos bitcoins foram perdidos ao longo dos anos devido a chaves privadas esquecidas, discos rígidos descartados e outros erros. Como esses bitcoins não se movem, eles são avaliados a preços muito antigos no cálculo do Valor Realizado. Isso ajuda a dar uma imagem mais precisa do valor real em circulação.
  2. Comportamento do Investidor: Ao observar o Valor Realizado, podemos ter uma ideia de quando os investidores estão realizando lucros. Se o Valor Realizado começa a aumentar rapidamente em relação ao valor de mercado, isso pode indicar que os investidores estão movendo seus Bitcoins (possivelmente para vender) que foram adquiridos a preços mais baixos.
  3. Resistência do Mercado: Em períodos de queda de preço, se o Valor Realizado permanecer relativamente estável, isso pode indicar que a maioria dos investidores não está vendendo seus Bitcoins a preços de mercado em declínio, sugerindo uma forte convicção ou crença no valor a longo prazo do Bitcoin.

O Valor Realizado é uma métrica poderosa que oferece uma visão mais granular do comportamento dos investidores no mercado Bitcoin. Ele fornece uma representação mais precisa do valor real do Bitcoin em circulação, levando em consideração o preço de aquisição de cada moeda.

Portanto, pode ser considerado o "custo médio de aquisição de moedas" na rede Bitcoin. Vale ressaltar que a capitalização realizada é o valor total de mercado, enquanto o preço realizado é o valor de cada unidade monetária de bitcoin.

Desse modo, é possível observar este valor no preço atual e na capitalização atual de mercado, lembrando que eles apontam para o mesmo valor, mas um pega o valor unitário, enquanto o outro demonstra o valor total.

O preço realizado também serviu como sinalização de oportunidade no bitcoin, historicamente esse preço serviu como um suporte que ao ser rompido, apresentou os momentos de extremo nas baixas de preço.

Em outras palavras, quando o preço de mercado cai abaixo do preço realizado, temos uma visão clara que a maioria dos investidores está em prejuízo.

Como o preço realizado é o custo médio de aquisição da rede, quando o preço de mercado está abaixo significa que investidores estão em prejuízo, algo que pressiona seus investimentos e muitos vendem no pânico.

Por outro lado, estas vendas em pânico fornecem períodos de grande oportunidade para investidores pacientes que utilizam ferramentas on-chain para acumular, como demonstramos aqui no BlockTrends Research.

O que é MVRV?

Agora para aprofundar no conceito abordado acima, foi criado o "MVRV", uma métrica que compara o valor de mercado do bitcoin com seu valor realizado. O valor de mercado é determinado multiplicando-se o preço atual do bitcoin pelo número total de moedas em circulação.

Já o valor realizado é uma métrica mais complexa, que considera o preço pelo qual cada Bitcoin foi adquirido pela última vez. Em outras palavras, é uma representação do "custo de aquisição" de todos os Bitcoins atualmente em circulação.

A métrica foi concebida por Murad Mahmudov e David Puell, inspirada no conceito de Realized Cap desenvolvido pela equipe da Coinmetrics.

O Realized Cap foi uma tentativa de criar uma métrica de capitalização de mercado mais precisa, que levasse em consideração o preço de aquisição de cada Bitcoin, em vez de simplesmente multiplicar o número total de bitcoin pelo preço atual.

Por que o MVRV é importante?

O MVRV oferece uma visão única do comportamento dos investidores. Quando o MVRV é alto, indica que muitos investidores compraram bitcoin a preços muito mais baixos do que o preço atual e, portanto, estão atualmente em lucro.

Historicamente, valores MVRV muito altos têm sido associados a topos de mercado, pois os investidores tendem a vender quando estão em lucro.

Por outro lado, um MVRV baixo sugere que muitos investidores compraram Bitcoin a preços próximos ou até superiores ao preço atual. Isso pode indicar um fundo de mercado, pois os investidores são menos propensos a vender em uma perda.

Portanto, assim como várias outras métricas on-chain, este indicador traz uma perspectiva comportamental do nível de lucratividade dos participantes da rede Bitcoin.

MVRV na Prática e Melhorias

Para ilustrar como o MVRV pode ser usado na prática, considere o seguinte exemplo:

Suponha que o preço atual do Bitcoin seja de $20.000. Se o MVRV for de 2,0, isso sugere que o preço médio de aquisição de todos os Bitcoins em circulação é de $10.000.

Se o MVRV cair para 1,0, isso indica que o preço médio de aquisição é igual ao preço atual de $20.000.

Historicamente, todos os valores de alta lucratividade foram pontos de topos de mercado, assim como baixa lucratividade marcaram o fundo. Isto caracteriza o MVRV como um indicador de ciclo on-chain.

Desse modo, ainda é possível avançar no nível de análise do MVRV, uma destas formas é aplicando conceitos de estatística tradicional para o indicador.

O MVRV Z-Score é uma métrica derivada que combina o conceito de MVRV (Market Value to Realized Value) com princípios estatísticos padrão para identificar extremos de mercado. Ele é usado principalmente para detectar topos e fundos no preço do Bitcoin, fornecendo insights sobre possíveis sobrevalorizações ou subvalorizações.

O MVRV Z-Score é calculado tomando a diferença entre o valor de mercado e o valor realizado do Bitcoin e, em seguida, dividindo essa diferença pelo desvio padrão do valor realizado. Em termos simples, ele mede quantos desvios padrão o valor de mercado está acima ou abaixo do valor realizado.

Conclusões

Indicadores como o MVRV são ferramentas valiosas que podem ajudar os investidores a identificar potenciais topos e fundos no mercado Bitcoin, chamamos estas métricas de indicadores de ciclo on-chain.

Ao comparar o valor de mercado com o valor realizado, os investidores podem obter insights sobre o comportamento coletivo do mercado e tomar decisões de investimento mais informadas. Assim, este indicador se torna uma ferramenta de economia comportamental dentro da rede bitcoin.

No entanto, como todas as ferramentas e métricas, o MVRV não deve ser usado isoladamente. É importante considerá-lo em conjunto com outras métricas e análises para obter uma visão completa do mercado, justamente aquilo que fazemos nos relatórios de inteligência de mercado do BlockTrends Research.


As previsões ou afirmações feitas neste relatório não fazem quaisquer garantias, representações ou endossos expressos, ou implícitos de decisões de investimentos tomadas pelo leitor. Eventos passados não são garantias de acontecimentos futuros e o leitor deve ser o único responsável pelas suas próprias decisões de investimentos. O BlockTrends não poderá se responsabilizar por quaisquer perdas ou prejuízos decorrentes das decisões de investimento tomada com base na informação apresentada no BlockTrends Research. Todo o material apresentado é de cunho educativo e informativo e não representam recomendações expressas de compra, venda ou qualquer negociação em bitcoin, ou outro criptoativo. Ao utilizar este relatório o leitor reconhece as isenções de responsabilidade citadas acima.

Veja os comentários

Assine o BlockTrends | Research para poder visualizar e comentar.

Inscreva-se já